Como Fazer Um Artigo Perfeito Para Blog

Compartilhe

Como Fazer Um Artigo Para Blog

Eu aposto que você já passou por isso…

Você escreve um super artigo para o seu blog, daqueles que te enchem de orgulho.

Super satisfeito com a versão final do seu conteúdo, você enfim clica no botão “Publicar”.

Porém, nos dias seguintes o seu artigo não recebe comentários, não é compartilhado, nem recebe tantas visitas assim…

Sua excitação inicial vai dando lugar a uma grande frustração, não é mesmo?

Eu também já passei por isso diversas vezes, até que chegou um dia em que cansei de escrever artigos que me traziam poucos resultados.

Comecei a pesquisar e estudar muito sobre como fazer um artigo perfeito para sites.

Sabe o que eu aprendi?

Para aumentar as visitas do site e reter os leitores no seu post, não basta ter “inspiração” ou “dom” para escrever bem.

Você precisa seguir algumas técnicas também.

Sim, existem técnicas que podem te ajudar a multiplicar as visitas e o tempo de permanência dos leitores no seu blog.

Neste artigo eu vou revelar as melhores técnicas que eu descobri.

O que você vai ver neste post?

Os 11 passos para criar um artigo perfeito

Você vai aprender como fazer um artigo perfeito, seguindo esses 11 passos:

  1. A importância da definição do seu público-alvo.
  2. Como escolher um assunto que gera bastante interesse nas pessoas?
  3. Espione seus concorrentes….
  4. Como organizar suas ideias para escrever um artigo?
  5. A estrutura lógica que seu artigo deve ter.
  6. Dicas para escrever um título matador.
  7. O Método APP para escrever uma introdução que seduz o leitor.
  8. Técnicas importantes para o corpo do seu texto.
  9. Como escrever uma conclusão perfeita?
  10. Aumente o seu CTR com uma boa Meta Description.
  11. Como fazer uma revisão a prova de falhas.

Vamos começar?

O Que É Um Artigo Perfeito?

Quem diz se um artigo é bom ou não é o leitor.

Na visão do leitor, um artigo perfeito é aquele que:

  • Satisfaz a motivação (dúvida, curiosidade, problema, etc) que levou o leitor a pesquisar pelo assunto na internet.
  • Apresenta os fatos e argumentos seguindo uma linha “lógica” e de fácil compreensão.
  • É bem escrito, com uma linguagem que ele está acostumado e sem erros de ortografia ou de concordância.
  • Não é entediante, com blocos de textos enormes, frases compridas e etc.
  • Apresenta fatos e argumentos inéditos ou sob um novo ponto de vista.

O Google já revelou um checklist para conteúdos de qualidade. Ele apresenta quais são as questões que um conteúdo deve atender para ser considerado um conteúdo de qualidade. Confira o Checklist do Google Para Conteúdos de Qualidade

As Vantagens de Se Escrever Artigos Utilizando Técnicas Comprovadas

Como Fazer Um Artigo Perfeito

Você vai aprender como fazer um artigo perfeito.

E quando começar a colocar isso em prática, perceberá as seguintes consequências:

  • Os seus artigos começarão a ganhar melhores posições nos resultados de pesquisas no Google, devido ao Click Through Rate e ao tempo de permanência dos leitores nas páginas do seu site.
  • Artigos que entregam muito valor são mais compartilhados. Este tipo de engajamento ajuda diretamente a aumentar as visualizações do seu blog.
  • Artigos com conteúdos de valor tendem a receber mais backlinks (links de outros sites que apontam para o seu conteúdo). A quantidade de Backlinks de um site é um dos principais fatores para o Google decidir que páginas deve ser apresentadas nas primeiras posições nos resultados de pesquisas.
  • Seus artigos receberão mais comentários dos leitores. Os comentários no site estão ganhando cada vez mais importância para o Google identificar a qualidade dos conteúdos das páginas. E, vale lembrar, o Google tem o objetivo de apresentar nas primeiras posições das buscas as páginas com conteúdos mais relevantes…
  • Sua taxa de retenção de usuários irá melhorar, por causa dos leitores que começarão a retornar ao seu site para consumirem mais conteúdos de qualidade.
  • Você estará construindo a sua autoridade no assunto do seu blog.

Percebeu como fazer artigos perfeitos pode trazer inúmeras vantagens para o seu site?

Então, vamos começar logo a pôr a mão na massa!

Compartilhe o post “Como Fazer Um Artigo Perfeito Para Blog” no Facebook.

Passo 1 – Defina o Público-Alvo do seu Artigo

Defina a sua Persona ou Avatar

O seu blog é voltado para um nicho de mercado específico.

Portanto, a primeira coisa que você precisa entender é que os seus posts devem ser direcionados para o público do seu nicho de mercado.

Por exemplo: se o seu blog é voltado para o nicho de Saúde e Bem Estar, provavelmente você teria resultados pífios, se publicasse conteúdos sobre Finanças ou Tecnologia.

Quem Vai ler o Seu Artigo?

Primeiro, você precisa definir um perfil para o leitor do seu blog.

Esse perfil é conhecido como Avatar ou Persona.

A definição de um Avatar é importante para você saber como fazer um artigo relevante para ele.

Use as perguntas abaixo para criar uma Persona para o seu blog.

  • Qual a faixa etária dos seu leitores?
  • Nível de escolaridade?
  • Qual é o sexo predominante dos leitores?
  • Quais são os seus hábitos de consumo?
  • Quais são os seus maiores desejos?
  • Seus maiores problemas?
  • Seus medos?
  • Que tipo de linguagem o Avatar está acostumado? Técnica, formal, informal?
  • Por quais experiências positivas ou negativas ele pode já ter passado?

Para responder essas perguntas, pesquise na internet:

  • Grupos do Facebook, do LinkedIn e fóruns de discussão – Conheça as opiniões, os desejos e os medos das pessoas do seu nicho.
  • Yahoo Respostas, Reclame Aqui, Quora – Conheça as principais dúvidas e experiências negativas do seu Avatar.
  • Conteúdos voltados para o seu nicho de mercado (artigos em sites concorrentes, vídeos no Youtube) – Obtenha nos campos de comentários informações preciosas sobre o seu público.

Ao responder as perguntas anteriores, você provavelmente já vai começar a identificar alguns dos assuntos mais interessantes para o seu Avatar.

Passo 2 – Como escolher o melhor assunto para o seu artigo

Definir o Assunto do Artigo

Desenvolva uma lista de temas que você acredita serem mais interessantes para o seu Avatar.

Liste todas as ideias que vierem à sua cabeça.

Não se preocupe, por enquanto, em tentar adivinhar se os assuntos são pouco ou muito relevantes para o seu Avatar.

Os temas listados serão “verificados” daqui a pouco.

Dica:  pesquise sobre os assuntos dos artigos em sites concorrentes ao seu, para conhecer outros temas de interesse do seu Avatar.

Como Fazer Um Artigo Com o Tema Perfeito

Validar Demanda Pelo Assunto do Artigo

Quando você quer saber sobre um determinado assunto, aonde você procura sobre ele?

No Google!

Por isso, par saber se os assuntos da sua lista são realmente interessantes para o seu Avatar, você precisa saber a quantidade de consultas mensais no Google sobre cada um deles.

Uma quantidade alta de pesquisas sobre um tema confirmará que o assunto é de interesse do seu Avatar.

Como saber a quantidade de pesquisas no Google?

Para saber a quantidade de pesquisas mensais sobre os temas da lista, você pode recorrer a alguns sites grátis para encontrar palavras-chave mais pesquisadas no Google.

Eu vou apresentar como você deve utilizar o UberSuggest, porque é uma das ferramentas grátis mais completas e é uma das que eu mais utilizo.

E para facilitar o entendimento dessa parte, eu vou usar um exemplo meu.

O Marketing Objetivo tem um blog voltado para o nicho de Marketing Digital.

Entre outros assuntos, eu sei que o meu Avatar considera o tema “aumentar visitas do blog” muito relevante.

Por isso, para criar esse post que você está lendo, inicialmente eu considerei o tema “Como escrever um artigo” na minha lista de assuntos.

Para validar o interesse do meu Avatar por esse assunto, eu pesquisei por esse conjunto de palavras no UberSuggest.

Ubersuggest - Como Escrever Um artivo

Ótimo, a palavra-chave tem um volume de 3.600 pesquisas por mês no Google.

Porém, analisando mais abaixo na mesma tela, podemos perceber um ponto negativo…

O assunto “Como Escrever um Artigo” é amplo e abrange outros interesses (ex: “como escrever um artigo científico”), que não vão atrair um grande público que não faz parte do meu público-alvo.

Ubersuggest - Palavras-Chave relacionadas

Por isso, eu resolvi testar algo mais fechado.

Vamos pesquisar pela palavra-chave “Como escrever um artigo para blog

Pesquisar Palavras-Chave no UberSuggest

Repare na imagem anterior que a expressão “Como escrever um artigo para blog” tem um volume de apenas 30 vezes por mês.

Esse volume é muito baixo. Para mim, não compensa o tempo que vou me dedicar para escrever sobre esse conteúdo.

Na minha lista de palavras-chave tinham outras opções:

Como escrever para blogs: volume baixo de pesquisas. Não me interessou.

Ubersuggest - Como escrever para blog

Como escrever artigos para blogs: volume baixo de pesquisas. Não me interessou.

Como escrever artigos para blogs

Eu não estava obtendo sucesso. Precisava de outras ideias.

Pesquisa de Palavras-Chave no Google

Uma outra forma de se encontrar palavras-chave relevantes para um assunto é através das sugestões que o próprio buscador do Google oferece.

Quando você pesquisa por um assunto no Google, no final das páginas de resultados são listadas outras pesquisas populares relacionadas ao tema.

Quando pesquisei pelas palavra-chave “como escrever um artigo” e “como escrever um artigo para blog”, eu acabei encontrando uma nova possibilidade, que eu nem havia imaginado.

Como Escrever Um Artigo - Sugestões do Google

A consulta acima me deu uma ideia para testar o verbo “fazer”. “Como Fazer um Artigo Para blog” eu ainda não havia pesquisado.

Ubersuggest - Como fazer um artigo para blog

Volume baixo de pesquisas novamente…

E se eu testasse a expressão mais ampla “Como Fazer Um Artigo”?

Ubersuggest - Como Fazer Um Artigo

Que excelente surpresa!

Existe um volume mensal de 8.100 pesquisas sobre “Como Fazer Um Artigo”. E ainda, o Ubersuggest informa que o SEO Difficulty  (dificuldade de um bom artigo chegar nas primeiras posições do Google para aquela pesquisa) é de apenas 12/100.

Embora a expressão “Como Fazer Um Artigo” atraia interesses de pessoas que não fazem parte do meu público-alvo, o volume de pesquisas, a facilidade para rankear no Google e os outros interesses relacionados ao tema fazem dessa palavra-chave uma ótima opção para o meu conteúdo.

Uma Breve Análise Sobre Palavras-Chave Head e Long Tail

Como eu acabei de dizer, quanto mais amplos são os termos pesquisados, maior será o volume de pesquisas e mais diversificado será o interesse do público.

Por outro lado, quanto mais específica for a expressão pesquisada, menor será o volume de buscas mensais e mais específico será o interesse do público.

“Escrever textos”, por exemplo, é uma palavra-chave muito mais ampla do que “Escrever textos para blog”.

A procura por “escrever textos” pode incluir várias intenções distintas:

  • “Escrever textos em editores online”
  • “Escrever textos em braile”
  • “Escrever textos em fotos”

As palavras-chave amplas são pesquisadas por pessoas com diferentes intenções de pesquisas e são conhecidas como palavras-chave Head Tail.

Palavras-chave Head Tail geralmente recebem alto volume de pesquisas mensais e são muito disputadas por sites com grande autoridade.

Geralmente é mais difícil de se conseguir boas posições nos resultados de pesquisa do Google usando essas palavras-chave, porque a concorrência é muito maior e mais podero$a.

Por outro lado, palavras-chave como “escrever textos infantis” ou “como escrever um artigo” são mais específicas e demonstram intenções mais claras sobre os assuntos pesquisados.

São conhecidas como palavras-chave Long Tail.

Elas recebem um volume menor de pesquisas no Google, justamente por serem mais específicas.

São palavras-chave menos disputadas e isso tende a facilitar a conquista de boas posições nos resultados de pesquisas do Google.

Palavras-Chave Long Tail e Head Tail

Então, para fazer um artigo magnético, na maioria das vezes dê preferência às palavras-chave Long Tail.

O Google Ajuda Mais Uma Vez

Antes de bater o martelo sobre a escolha de um tema, eu ainda faço uma última verificação.

Para isso, eu uso o Google Trends.

Como Fazer Um Artigo - Usando o Google Trends

Leia o artigo em que eu apresento o Google Trends.

Nessa ótima ferramenta do Google você pode conferir o histórico de consultas por um ou mais assuntos simultaneamente.

O resultado da sua consulta apresenta se o volume de buscas mensais por um assunto tende a aumentar, diminuir ou manter-se estável.

Na imagem anterior, por exemplo, vemos uma clara tendência de aumento de interesse pelo assunto “Comida Vegana” nos últimos 5 anos.

E como isso pode te ajudar na prática?

Imagine que você encontrou 2 assuntos com mesmo volume de pesquisas no Planejador de Palavras-Chave.

Porém, o primeiro assunto apresenta tendência de crescimento de pesquisas no Google, enquanto o outro apresenta tendência de queda.

Se levarmos em consideração que o artigo permanecerá publicado no seu site no futuro, qual dos dois assuntos você escolheria?

Tchan, tchan, tchan, tchaaaannnn

Passo 3 – Como Fazer Um Artigo Perfeito: Espione Seus Concorrentes

Como Fazer Um Artigo Melhor Que Os Concorrentes

Um dos grandes segredos sobre como fazer um artigo magnético é criar conteúdos melhores do que os seus concorrentes.

Por isso, você vai aprender “espionar” o conteúdo deles e aproveitar o que eles têm de melhor!

Crie um arquivo de texto ou uma planilha para documentar as principais informações que você vai descobrir nas suas “espionagens” a partir deste ponto.

Você colherá tantos dados dos artigos dos seus concorrentes que, se não documentá-los num arquivo, você acabará esquecendo muitas informações e não aproveitará ao máximo o seu esforço.

Como Espionar os Artigos dos Seus Concorrentes

Como Espionar Artigos Concorrentes

Acesse o Google em uma aba anônima do seu navegador e digite a palavra-chave do seu artigo.

Depois abra os 10 primeiros resultados da pesquisa.

Em alguns casos o Google pode listar algumas páginas que não concorrem diretamente com o seu tema.

Ignore esses resultados e considere apenas os 10 primeiros resultados da pesquisa que são seus concorrentes diretos.

Como os Artigos São Exibidos Pelo Google

Faça a sua primeira análise já na página de resultado da pesquisa no Google.

Anote as seguintes informações no seu documento:

  • Título da Página – Título da página apresentado no resultado de pesquisas do Google.
  • URL da Página – Endereço da página do artigo.
  • Descrição da Página – Descrição da página apresentada no resultado de pesquisas do Google.
Como Fazer um Artigo - Análise de Concorentes

A apresentação do seu artigo na página de resultados do Google é importantíssima.

É a partir dela que os usuários irão decidir se devem ou não devem clicar para ler o seu conteúdo.

Além disso, quanto mais pessoas clicam sobre a apresentação da sua página (e permanecem no seu site), mais o Google entende que o seu artigo é relevante para a palavra-chave pesquisada.

Isso é ótimo, sabe por quê?

Porque se o Google entende que a sua página é relevante para um assunto, ele melhora cada vez mais a posição do seu site nos resultados de pesquisas por aquele tema.

A imagem abaixo apresenta páginas concorrentes para a minha palavra-chave “Como Fazer um Artigo”.

Como Fazer um Artigo - Análise de Concorentes

A Minha Análise Dos Artigos Concorrentes

Na minha análise eu percebi que:

  • Os títulos, os endereços e as descrições das páginas não apresentam a palavra-chave que eu pretendo usar.
    Minha análise: Isso pode facilitar o posicionamento do meu artigo nos resultados de pesquisas pela minha palavra-chave.
  • Os endereços das páginas usam suas palavras-chave “como-escrever-um-artigo”.
    Minha análise: Eu preciso inserir minha palavra-chave na URL da página do meu artigo.
  • Os títulos fazem promessas de resultados: “Escrever um artigo perfeito”, “escrever um artigo de sucesso”.
    Minha análise: Títulos com promessas de resultados devem ser os formatos mais clicados por quem está pesquisando sobre como fazer um artigo.
  • Os títulos, incluindo o do concorrente indireto, quantificam os passos a serem seguidos para se alcançar o resultado prometido: “10 passos”, “10 regras”, “10 dias”.
    Minha análise:  Títulos com identificação clara de passos a serem seguidos devem ser os formatos preferidos por quem pesquisa sobre como fazer um artigo perfeito.
  • A descrição da página mais bem ranqueada apresenta um ponto que gera muito interesse no meu Avatar: crescer as visitas orgânicas do blog.
    Minha análise 1: Eu preciso abordar esse interesse no meu conteúdo;
    Minha análise 2: Eu preciso deixar claro na descrição do meu  artigo que este assunto é abordado ao longo do conteúdo.

Procure identificar padrões nas apresentações dos artigos concorrentes.

Anote algumas ideias que surgirem na sua cabeça durante a análise.

Essas informações serão usadas depois, quando você for criar a apresentação do seu artigo.

Espione Seus Concorrentes com a Moz Bar

Uma outra ferramenta que você deve usar para espionar seus concorrentes é a Moz Bar.

Instale esse plugin no seu navegador e crie um conta na Moz.

Seu navegador e as páginas de buscas no Google passarão a ter essa aparência:

Como Fazer um Artigo - Moz Bar

Você poderá desabilitar a Moz Bar, clicando no “botãozinho” azul no canto direito do seu navegador.

Uma vez desligada, basta clicar no botão para habilitar novamente a ferramenta.

Analise os Subítulos dos Artigos Concorrentes

Agora, com a sua Moz Bar ativa, acesse as páginas dos artigos concorrentes.

Na ferramenta da Moz, clique sobre o ícone de “Page Analysis”.

Como Escrever Um Artigo - Análise da Página

Você terá acesso ao título e a todos os subtítulos (tags H1 e H2) dos artigos concorrentes.

Analise os subtítulos dos concorrentes:

  • Que assuntos (subtítulos) são abordados nos artigos?
  • Quantas vezes a palavra-chave aparece nos Headings?
  • Que outras variações da palavra-chave são usadas?
  • Quantos subtítulos existem em média nos artigos?

Os subtítulos ajudam os leitores e o Google a “escanearem” o texto e identificarem os assuntos abordados no artigo.

Negritos e Imagens

Você deverá analisar também os textos em negrito (Bold/Strong) e os Alt Text das imagens.

Essas tags são importantes porque:

  • Textos em negrito ajudam ao Google a identificar melhor sobre do que se trata o seu conteúdo;
  • Textos em negrito chamam a atenção e facilitam a leitura dos leitores;
  • Como o algoritmo do Google não consegue reconhecer os conteúdos das imagens, os atributos Alt Text são a forma pela qual o Google pode interpretar as imagens de um artigo.
  • O Google entende que artigos com muitas imagens são mais ricos em conteúdo e mais amigáveis.

Encontre padrões e busque inspirações para usar esses recursos melhor do que seus concorrentes.

Outbound Links

Como Fazer Artigos Usando Outbound Links

Outbound Links são links que direcionam o leitor de um artigo (origem) para páginas de outros sites relacionados ao mesmo tema (destino).

Um estudo sobre SEO realizado em 2016 comprovou que os Outbound Links podem melhorar a posição do artigo de origem.

Como Fazer Um Artigo - Outbound Links

Outbound links são importantes para ajudar o Google a entender melhor qual é o assunto da sua página de origem.

Verifique para quais referências externas os artigos dos seus concorrentes estão linkando.

Use a ferramenta Internal / External Link Analyzer da SEO Chat.

Verificando Outbound Links do concorrente

Essa ferramenta apresenta todos os links externos da página, incluindo links que não estão necessariamente no conteúdo do artigo – como os links nos menus, comentários, etc.

Filtre manualmente apenas os links dos artigos e anote no seu documento.

Qual o objetivo dessa análise?

Ao identificar os outbound links dos conteúdos concorrentes, você:

  • Conhece algumas referências usadas pelos concorrentes durante a construção dos seus textos.
  • Você poderá escolher se irá linkar ou não o seu artigo para as mesmas fontes externas usadas por eles.

Quando for escrever o seu artigo, sempre procure linkar a sua página para pelo menos 3 fontes externas, relevantes e de qualidade.

Tamanho é Documento

Tamanho do texto é um fator de ranqueamento do Google


Para o Google, o tamanho do seu artigo importa!

Algumas pesquisas mostram que as primeiras páginas listadas nos resultados de busca do Google são as que apresentam os conteúdos mais completos e, consequentemente, mais extensos.

A Hubspot publicou uma avaliação sobre a quantidade de palavras dos seus próprios conteúdos em 2015.

Artigos com mais de 2500 palavras recebem mais backlinks:

Relação entre Quantidade de Palavras e Backlinks

Artigos com mais de 2500 palavras são mais compartilhados nas redes sociais:

Relação entre Quantidade de Palavras e Compartilhamentos

Artigos entre 2250 e 2500 palavras recebem a maior quantidade de tráfego orgânico.

Relação entre Quantidade de Palavras e Tráfego Orgânico

Os conteúdos com mais de 2500 palavras aparecem na segunda posição:

Escrever artigos abrangentes e completos é uma das tendências em SEO para 2018 .

Para contar a quantidade de caracteres dos artigos concorrentes, copie todo o texto (incluindo o título) de cada página por vez.

Em seguida cole o conteúdo no campo “Counter Words and Characters” do site Word Counter 360.

Tamanho do artigo

Anote no seu documento a quantidade total de palavras de cada um dos artigos concorrentes.

No seu artigo procure superar a quantidade de palavras de todos (ou da maioria) dos textos concorrentes, sem perder qualidade de conteúdo.

Não encha linguiça! Se você fizer isso, o leitor perceberá e abandonará o seu artigo.

Descubra outras Palavras-Chave Usadas nos Artigos Concorrentes

Acesse esse site para calcular densidade das palavras-chave dos artigos.

Copie todo o texto (incluindo o título do artigo) de cada concorrente por vez, cole no campo do formulário e clique sobre o botão “Calcular Densidade”.

Calculadora de Densidade de Palavras-Chave

Anote no seu documento todas as palavras-chave relevantes para o assunto do seu artigo.

Registre também os valores das colunas “Ocorrências” e a “Densidade”.

Você terá uma visão clara das principais palavras-chave semânticas que eles usam e poderá optar por explorá-las também no seu artigo.

Palavras-Chave semânticas são palavras relacionadas à palavra-chave principal do conteúdo.

O Google usa essa proximidade semântica para entender do que se trata o conteúdo e não trazer resultados errados para o usuário.

Por exemplo, para o assunto “Como Fazer Um Artigo Para Blogs”, algumas palavras semânticas são:

  • Palavra-chave
  • Conteúdo
  • Introdução
  • Conclusão
  • SEO
  • Google
  • Planejador de Palavras-Chave

Identifique as principais palavras-chave secundárias dos concorrentes e utilize-as no seu conteúdo.

Registre a Sua Própria Experiência

Pontos Interessantes dos Artigos Concorrentes

Enquanto estiver avaliando os artigos concorrentes, anote tudo que você considerar como pontos positivos e negativos.

  • O que mais chamou a sua atenção?
  • O que você não gostou?
  • O que você gostou nos conteúdos concorrentes?

Esses pontos são subjetivos, mas assim como chamaram a sua atenção positiva ou negativamente, eles poderão ter os mesmos efeitos sobre outras pessoas.

Passo 4 – Como Fazer Um Artigo Perfeito: Organize Suas Ideias

Brainstorm - ideias para o seu conteúdo

Ao final dessa primeira etapa de avaliação dos artigos concorrentes, você deverá revisar e processar as informações coletadas.

  • Existem padrões nos títulos e nas descrições dos artigos concorrentes?
  • Que assuntos foram abordados nos artigos concorrentes?
  • Que palavras-chave foram usadas nos subtítulos?
  • Qual é a quantidade mínima de palavras que o seu artigo deve ter?
  • Qual deve ser a quantidade mínima de ocorrências da palavra-chave no seu texto?
  • Que outras palavras do campo semântico devem ser usadas no seu texto?
  • Quais referências externas são interessantes para o seu artigo?
  • Que imagens podem ajudar na compreensão do leitor sobre o seu conteúdo?
  • Quantas imagens o seu artigo deverá ter?
  • Que palavras devem estar presentes no Alt Text?
  • Que pontos positivos dos artigos concorrentes você pode usar no seu artigo?
  • Que pontos negativos dos artigos concorrentes você irá melhorar no seu artigo?

Identifique neste passo todos os pontos necessários para você fazer um artigo melhor do que os outros.

Responda as perguntas acima e tente acrescentar novas ideias para melhorar o seu conteúdo

  • Que assuntos inéditos você pode abordar no seu artigo?
  • Que outros pontos de vistas ainda não foram abordados sobre o tema?
  • Que referências externas novas poderiam ser utilizadas?

Organize neste passo as suas ideias, pois você irá usar essas informações durante a criação e revisão do seu conteúdo.

Passo 5 – Como Fazer Um Artigo Perfeito: a Estrutura do Artigo

Planejamento da estrutura do artigo

A partir deste ponto o seu artigo vai começar a tomar forma.

Você irá estruturar e organizar o seu conteúdo.

Neste passo você deve se preocupar em organizar apenas as partes “macro” do texto.

Defina o título, subtítulos (em vários níveis), ideias de imagens para cada área e  pautas de conteúdo para cada seção.

  • Título <h1> – Qual o título?
    • Imagem abaixo do Título – O que a imagem deve conter ou representar?
    • Introdução
  • Subtítulo <h2>  – Qual o subtítulo?
    • Imagem –  O que a imagem deve conter ou representar?
    • Que assuntos serão abordados nesta parte do texto?
      • Subtítulo <h3>
      • Que assuntos serão abordados nesta parte do texto?
  • Subtítulo <h2>  – Qual o subtítulo?
    • Imagem –  O que a imagem deve conter ou representar?
    • Que assuntos serão abordados nesta parte do texto?
      • Subtítulo <h3>
      • Que assuntos serão abordados nesta parte do texto?
  • (…) – Repita a estrutura acima por tantos subtítulos que o seu artigo precisar.
  • Subtítulo <h2> – Conclusão – Qual o subtítulo?
    • Que assuntos serão abordados nesta parte do texto?
    • Qual a chamada para ação?

Eu costumo montar essa estrutura diretamente no WordPress, usando as ferramentas de formatação que ele oferece (Título, Parágrafos, Listas, etc).

Qual o objetivo deste passo?

Ao planejar a estrutura do seu texto desta forma, você será capaz de:

  • Notar se a apresentação dos subtítulos segue uma ordem lógica e fácil de ser entendida pelo leitor.
  • Perceber se algum assunto relevante ao seu tema não está sendo abordado.
  • Remover assuntos que não são diretamente ligados ao seu tema. Eles poderão ser temas de outros artigos.
  • Inserir as informações-chave de cada seção. Quando você começar a escrever o seu texto, o seu raciocínio estará mais voltado para a criatividade, do que para o planejamento estratégico do artigo.
  • Verificar se os elementos do texto e a sua ordem de apresentação servem, de uma maneira geral, para conduzir o leitor a executar a ação que você deseja (o objetivo final do seu artigo).

Assim que a estrutura do seu texto estiver concluída, você irá escrever o seu artigo com muito mais facilidade e eficiência.

Vamos começar a “preencher” a estrutura do artigo?

Compartilhe o post “Como Fazer Um Artigo Perfeito Para Blog” no Facebook.

Passo 6 – Como Fazer Um Artigo Perfeito: o Título

Como Fazer o Título do Artigo

O título do seu artigo é a principal porta de entrada dos visitantes para o seu site.

Ele é o maior responsável por despertar o interesse dos usuários pelo seu artigo.

Quando você pesquisa por um assunto, o que o Google destaca nos resultados? O título!

Como Escrever Títulos Que Atraem Visitas Para o Seu Blog

Existem algumas técnicas comprovadas para se criar títulos impactantes e atrair mais pessoas para o seu Blog.

O título deve ser o único texto envolto pela tag <H1> no seu artigo.

Se você usa o WordPress, ele automaticamente já insere seu título em uma tag H1. Neste caso, lembre-se de não usar a formatação de “Título 1” para nenhum outro texto no seu artigo.

Como Fazer Um Artigo - Use A Tag H1 Apenas no Título

1 – O título deve conter a palavra-chave do artigo.

2 – O título deve transparecer claramente o assunto do artigo.

Se o usuário clicar para ler o seu artigo e perceber que o conteúdo não era exatamente o que ele esperava, ele sairá da sua página em menos de 5 segundos. Isso é péssimo para SEO.

3 – O título deve ter o tamanho máximo de 60 caracteres, incluindo os espaços.

Essa é a quantidade “mais segura” de caracteres para o título do seu artigo não ser “cortado” nos resultados de pesquisas do Google.

4 – Chame a atenção do leitor para o seu título. Use uma palavra ou um termo que capture a atenção imediatamente do leitor. Algumas palavras poderosas são:

Você, A Verdade Sobre, Os Erros Que Você Comete ao (fazer algo),  X Passos para (fazer algo), Gratuito, Sem Esforço, Dinheiro, Economizar, Fácil, Amor, Resultados, Aprovado, Comprovado, Garantido, Como (fazer algo), Conselho Para  (fazer algo), Importante, Progresso, Sensacional, Incrível, Inesquecível, Essencial, Revolucionário, Milagre, Mágica, Rápido, Prático, Oferta, Desejado, Desafio,Comparar, Desconto.

5-  Desperte o interesse do usuário mencionando o principal benefício que o seu artigo oferece.

Uma boa técnica é transmitir a ideia de que o principal benefício do artigo é algo único.

Algumas palavras poderosas são:

Exclusivo, O Melhor, O Maior, O Mais Completo, Guia Definitivo.

6 – Você pode provocar o desejo do usuário ler o seu artigo através da combinação entre benefícios e um senso de urgência.

Algumas palavras poderosas são:

Novo, Descoberta, Agora, Anuncia, Apresenta, Chegou, Lançado, Recém Chegou, Última Chance, Urgente, Saia na Frente.

Esse artigo do Neil Patel ensina várias outras técnicas para você aprender a escrever títulos impactantes.

Insira Uma Imagem Junto ao Tìtulo

Imagem Abaixo Do Título Do Artigo

Uma imagem vale mais do que mil palavras.

Estamos em uma era de conteúdo cada vez mais visual.

Por isso, insira uma imagem abaixo do título do seu artigo.

Essa será a imagem principal do seu artigo, aquela que servirá para aumentar o interesse do leitor pelo seu conteúdo.

Escolha uma imagem que:

  • Seja nítida e atraente
  • Represente a ideia ou o conceito do assunto do seu artigo ou apenas uma parte (mais importante) do tema.
  • Desperte alguma emoção no leitor: curiosidade, dúvida, medo, diversão, etc.

Passo 7 – Como Fazer Um Artigo Perfeito: a Introdução

Você só tem alguns segundos para provar que o seu artigo vale a pena, antes que o leitor abandone a sua página.

Brian Dean, do Backlinko, ensina um método muito eficiente para reter os seus leitores no seu blog.

Ele batizou o método de APP.

APP é a junção das inicias de “Agree”, Promise”, “Preview”.

Essa é a sua aparência:

Método App do Brian Dean

Vou detalhar cada um desses elementos.

Primeiro, o Concordar (Agree).

Comece a sua introdução com uma ideia ou conceito que o seu leitor irá concordar.

Isso mostra para ele que você entende do problema dele.

Por exemplo, no artigo sobre tendências em SEO para 2018, você encontra logo no começo:

Como Fazer Uma Introdução de Artigo - Concordar

Me diz:

Quem que trabalha com Marketing Digital não vai concordar com essas afirmações?

Quer Outro exemplo?

Este artigo que você está lendo ensina como fazer um artigo magnético.

Você só continuou lendo esse texto, porque certamente já passou pela experiência de se frustrar com os resultados de um artigo.

E lá no começo eu explorei isso.

Vamos para o próximo passo: a Promessa (promise)

Essa é a parte em que você apresenta uma promessa de que nem tudo está perdido!

Como Fazer Um Artigo - Promessa na Introdução

Repare que no exemplo anterior eu prometo que, conhecendo antecipadamente algumas tendências em SEO, o leitor poderá ter vantagens competitivas na disputa pelas melhores posições no Google.

Por último, a Apresentação (Preview).

Informe claramente o que o leitor irá encontrar no seu artigo.

Como Escrever Um Artigo - Preveiw

Pronto!

Agora você tem uma introdução que retém seus leitores no site…

…e uma página que o Google vai querer apresentar para mais pessoas nos resultados de buscas.

Passo 8 – Como Fazer Um Artigo Perfeito: o Corpo do Texto

Como Escrever O Corpo Do Texto Do Artigo

Chegou a hora de você usar todas as informações que você acumulou no planejamento, para preencher o corpo do seu artigo.

Antes de listar as dicas para escrever um conteúdo memorável, eu preciso falar sobre subtítulos.

A Importância dos Subtítulos para o Google

Você sabe como os subtítulos podem ajudar a atrair e reter leitores no seu artigo?

Depois do <H1>, as tags <H2> e <H3> são algumas das tags mais importantes para ajudar o Google a “entender” quais são os assuntos abordados no seu artigo.

Por isso, crie alguns subtítulos usando a palavra-chave do artigo.

Use também as palavras do campo semântico, que você anotou no documento de “espionagem”.

A Importância dos Subtítulos Para Reter os Seus Leitores

Como Usar Subtítulos no Artigo

Quando você acessa um artigo pela primeira vez, o que você faz?

Começa a ler todo o texto ou dá uma passadinha de olho antes?

Se você é uma pessoa “comum”, você rola o artigo, para analisar as imagens, os subtítulos, algumas palavras em negrito e outros elementos com mais destaque.

A partir dessa análise, você decide se investe ou não mais tempo em ler o artigo.

Por isso, invista um bom tempo em escrever subtítulos que também despertem o interesse dos seus leitores.

Anteriormente você anotou os subtítulos dos artigos concorrentes.

Agora é a hora de você analisá-lo e ver quais são os mais atraentes.

Não analise apenas os assuntos que eles abordam, mas também a formas como foram construídos.

Use Imagens Após os Subtítulos

Após cada subtítulo <h2>, use uma imagem.

O uso de imagens com subtítulos funciona muito bem para definir transições entre determinadas partes do seu texto.

A imagem ajuda a reforçar o assunto do subtítulo.

Além disso, a imagem serve para “arejar” o seu texto e deixá-lo menos cansativo.

As imagens renovam o interesse do leitor pelo seu conteúdo e ajudam a mantê-lo na página até o final do artigo.

Dicas Para o Conteúdo

Saindo dos subtítulos, vamos ao corpo do texto em si.

Seguem algumas dicas preciosas para você fazer um artigo perfeito:

  • Use bastante a palavra-chave principal, mas não force a barra. O seu uso deve parecer natural. O plugin Yoast SEO pode te ajudar a controlar uma boa densidade da palavra-chave no seu texto.
  • Use variações da palavra-chave. Por exemplo, em vez de repetir “Como Fazer Um Artigo” diversas vezes, você pode variar usando “Como Escrever Um Artigo”.
  • Use à vontade as palavras relacionadas (campo semântico) ao seu tema.
    Por exemplo, em um conteúdo sobre como criar um artigo, é recomendado que eu use bastante termos como “título, introdução, subtítulo, conteúdo, texto, blog, palavra-chave, seo”, entre outros.
  • Use muitas imagens para ilustrar o seu texto. Use a sua palavra-chave nos atributos Alt e Title das imagens.
  • Incorpore vídeos relacionados ao seu assunto no meio do seu conteúdo. Veja neste artigo como os vídeos aumentam o engajamento dos leitores com as suas publicações.
  • Muito importante: use as informações que você listou no passo 5 (organização de ideias) para o seu conteúdo.

Dicas Sobre Formatação

Assim como o conteúdo, a formatação do seu artigo é extremamente importante.

  • Quebre o seu texto. Evite frases com mais de 20 palavras, parágrafos com mais de 3 linhas e seções com mais de 300 palavras entre subtítulos.
    O plugin Yoast SEO do WordPress pode te ajudar bastante com esses cuidados.
  • Use listas. Isso que você está lendo agora é uma lista. Listas facilitam a leitura e atraem a atenção dos leitores. As pessoas adoram listas.
  • Dê ênfase aos principais pontos do seu conteúdo. Use palavras em negrito ou em itálico para despertar o interesse do leitor pelas partes importantes do seu texto.

Passo 9 – Como Fazer Um Artigo Perfeito: Conclua Com Grand Finale

Como Escrever Uma Conclusão Para O Seu Artigo

Para fechar o seu artigo com chave de ouro, você precisa escrever uma conclusão memorável.

Uma boa conclusão deve:

  • Reapresentar os desafios propostos na introdução
  • Mostrar como o seu artigo de fato ofereceu solução para os desafios, livrando o leitor de qualquer dúvida ou ceticismo que ele possa ter sobre o assunto.
  • Oferecer algumas opções de ações para o leitor:
    • Saber mais sobre o assunto – Download de ebooks, artigos relacionados, formulário de contato etc).
    • Engajamento – Se cadastrar no site, comentar, curtir, compartilhar o seu artigo.
    • Compras – Comprar o seu produto ou serviço.

Algumas táticas que funcionam muito bem na conclusão são:

  • Fazer uma pergunta com tom mais desafiador para instigar o leitor e chamá-lo para ação.
  • Usar frases motivacionais, que a incentivam o leitor a executar uma ação, pelo lado emocional e não racional.
  • Usar conjunções conclusivas como “portanto”, “diante disso”, “dessa maneira”, como liga entre o desenvolvimento do texto e a conclusão.

Quer ler um artigo completo sobre como escrever bem uma conclusão? Clique aqui.

Passo 10 – Como Fazer Um Artigo Perfeito: a Meta Description

Meta Description de artigos

Lembra que lá no começo da “espionagem” nós analisamos a apresentação dos concorrentes no Google?

A Meta Description é o texto das páginas listadas nos resultados de busca, que o Google exibe logo abaixo dos títulos.

O conteúdo da Meta Description não influencia diretamente no posicionamento das páginas no Google.

Por isso, você não precisa se preocupar em repetir as palavras-chave na descrição, por exemplo.

No entanto, uma descrição bem redigida e atrativa contribui para o aumento da taxa de cliques do artigo (CTR – clickThrough Rate) e esta sim é um dos fatores utilizados pelo Google para aumentar o posicionamento de uma página.

Junto com a URL e com o título da sua página, a Meta Description é um elemento decisivo para incentivar o leitor a clicar sobre o link da sua página no Google.

Então, se você quer atrair mais visitas para o seu blog, seguem as dicas mais valiosas para aproveitar ao máximo a Meta Description da página do seu artigo:

  • Descreva ou resuma para o usuário o conteúdo que ele irá encontrar no seu artigo.
  • Procure inserir uma pergunta em que a resposta do usuário seja “sim”. Ex: “Cansado de escrever artigos que não recebem visitas?” ou “Você quer aprender como escrever artigos perfeitos?”.
  • Use a palavra-chave principal pelo menos uma vez no seu conteúdo. Quando ela for pesquisada pelo usuário no Google e a sua página for apresentada, a palavra-chave ficará em destaque na Meta Description.
  • O conteúdo da Meta Description deve ter no máximo 320 caracteres.

Passo 11 – Como Fazer Um Artigo Perfeito: a Revisão

Revisão de artigos para sites e blogs

Quando você tiver concluído todos os passos acima, o seu dedo estará “coçando” para clicar sobre o botão “publicar Post” do blog.

Não clique ainda não!

Assim como fazer um artigo exige dedicação, você deve dar especial atenção para a sua finalização .

Eu não conheço ninguém que saiba como fazer um artigo considerado “perfeito”, sem revisá-lo algumas vezes antes da sua publicação.

Seguem algumas orientações valiosas para você fazer uma revisão minuciosa e bem feita:

  • Copie todo o seu texto e cole em um editor de textos, que tenha a função de correção ortográfica.
  • Leia o seu texto em voz alta. Você terá muito mais facilidade para identificar trechos que precisam ser melhorados. Preste atenção em:
    • Frases extensas – em geral perdemos a respiração ao ler frases compridas.
    • Palavras que se embolam – evite juntar palavras difíceis de serem pronunciadas em sequência.
    • Palavras simples – use palavras simples e sem duplo sentido. Evite as palavras complicadas.
    • Repetição de palavras – evite usar muitas vezes as mesmas palavras ou expressões no seu artigo. Se precisar, use o site https://www.sinonimos.com.br/ para encontrar variações de termos.
  • Peça a outra pessoa que leia o seu texto. Em geral elas encontram erros gramaticais e problemas na construção do texto com muito mais facilidade do que os autores, porque não estão “acostumadas” com o conteúdo.
  • Revise o seu artigo dois ou três dias depois de revisar os pontos acima. Este é o tempo necessário para você se “distanciar” do seu conteúdo e poder analisá-lo sob um novo olhar:
    • Diminua o seu texto, corte trechos irrelevantes e redundantes;
    • Inclua possíveis informações complementares para a melhor compreensão do leitor;
    • Melhore a construção de frases que foram originalmente mal escritas.

Como Fazer um Artigo Perfeito: As Últimas Observações

Como criar conteúdos memoráveis

Agora que você aprendeu como fazer um artigo perfeito, você deve colocar essas orientações em prática quando for escrever seus próximos conteúdos.

Aproveite o aprendizado para revisar os artigos já publicados no seu blog.

Ajustando o seu processo criativo de acordo com as orientações deste artigo, você estará pegando um grande atalho para alcançar os objetivos do seu blog.

E não se esqueça: depois de publicar os seu artigos, você deve divulgá-los.

Nenhum artigo poderá ser considerado perfeito, se ninguém puder apreciá-lo.

Aproveite e compartilhe este artigo no Facebook, se você achou que ele pode ajudar outras pessoas.

Divulgue os seus artigos perfeitos para o mundo!

Como Escrever Artigos Para Blogs

Avise o Google e outros buscadores sobre a sua nova publicação.

No site Ping-o-Matic! insira o título e a URL do seu site no campo “Blog Name” e “Blog Home Page” respectivamente. Marque todos os campos em “Services do Ping” e clique sobre o botão “Send Pings”.

Além de avisar os buscadores, você deve divulgar também o novo artigo nas redes sociais e enviar notificações para a sua lista de emails.

Cuide bem da sua estratégia de conteúdos, pois os seus artigos são os recursos mais importantes para você aumentar as visitas orgânicas do seu site.

Espero que tenha gostado deste artigo. Se gostou, deixe um recado nos comentários.

Agradeço por ter me acompanhado até aqui!


Compartilhe

14 comentários em “Como Fazer Um Artigo Perfeito Para Blog”

  1. No post você comenta que o ideal é criar artigos mais completos que os concorrentes. Uma estratégia que eu uso para isso é pesquisar sites em inglês sobre o tema, para ter uma visão um pouco diferenciada da maioria dos sites em português. Parabéns pelo artigo. Excelente conteúdo, bem escrito e mais completo que os concorrentes : )

    • Ótima sugestão, Fernando! Buscar fontes alternativas é realmente excelente para agregar conteúdo ao artigo. Com base na sua sugestão, eu recomendo também buscar conteúdo no Youtube, Pinterest, discussões em grupos, Google imagens, livros (físicos). Obrigado por contribuir e pelo elogio! Forte abraço!

    • Muito obrigado pelos elogios, Sérgio. Recomendo bastante a leitura dos artigos que indiquei no final do conteúdo. Eles são excelentes para se aprofundar no assunto “como escrever um artigo perfeito”. Forte abraço!

  2. Parabéns pelo seu artigo. Só nessa primeira leitura já tive vários insights. Pretendo ler o artigo mais vezes…Estou começando no marketing digital agora e vejo que ainda tenho muito a aprender. O seu site tem artigos muito bons. Nos meus próximos artigos vou seguir os passos descritos neste texto. Ah, fiz o Dojo Summit em que você também esteve. Vamos manter contato.

    • Olá Celia, que bom que gostou do artigo. De fato, ele está bem completo e entregando muita informação valiosa. Se quiser acompanhar os conteúdos do Marketing Objetivo e receber informações tão valiosas quanto a deste artigo, eu sugiro duas coisas: 1 – Cadastre o seu email para receber nossas mensagens (Campos NOME e EMAIL no alto desta página) e 2 – Siga a gente nas redes sociais. Vamos manter o contato sim. Vou te enviar um email.

  3. Show de bola esse conteúdo! Uma verdadeira aula. Fiquei com uma dúvida: se todo mundo seguir esse modelo, em breve termos conteúdos gigantescos na internet…Como se diferenciar além disso?

    • Boa pergunta Anderson! O primeiro ponto que devemos analisar é: será mesmo que todo mundo conhece essa estratégia? Navego por tantos sites, inclusive de empresas com estratégias agressivas em marketing online, e não vejo todas elas criando conteúdos completos e abrangentes. Sendo assim, quanto a isso, acho que teremos uma boa vantagem por um bom tempo ainda. Para se diferenciar dos blogs que já estão adotando a tática de escrever conteúdos memoráveis, você poderá se destacar oferecendo materiais para download, gravando a leitura do seu artigo e oferecendo como podcast logo no início do texto, inserindo vídeos complementares ao conteúdo ao longo do texto, entre outras opções.

    • Obrigado pelo elogio! Fico lisonjeado! Escrevo os meus artigos com bastante dedicação e o seu reconhecimento é muito gratificante! Se achou o artigo interessante, por favor, compartilhe nas redes sociais para mais pessoas poderem consultá-lo. Obrigado!

Deixe um comentário